A g o \ 17 E d i t i o n. Estilo de Vida

Pessoas que mudam o (seu) mundo

Já parou para pensar em como suas atitudes podem influenciar outras pessoas? Quando o assunto é auto estima então, o buraco e bem mais em baixo. Essa influencia que recebemos ou transmitimos nem sempre é positiva. Com todos os assuntos que trouxemos aqui, com um destaque especial ao post que fala sobre suicídio, não podíamos deixar de trazer a vivência de alguém que faz o papel de influenciador quase que constantemente. Selma de Araújo Lúcio, bacharel em biologia e ciências professora da rede pública de ensino foi nossa entrevistada da vez. Ela que assumiu os cabelos naturais inspirou meninas a fazer o mesmo e se sentirem bem consigo.

Quando você notou que se tornou uma referência de auto estima para suas alunas? 

Nunca foi a intenção ser referência para minhas alunas. Estava em transição há quase 2 anos e depois que tive minha filha Cecília quis ser a referência para ela. Minha preocupação era mostrar a ela através do exemplo que não precisamos nos enquadrar num “padrão” para termos auto estima. E ter em casa uma referência que valoriza a beleza natural a ajudaria futuramente a encarar isso com mais naturalidade. Então criei coragem e cortei mesmo sabendo que ia enfrentar resistência (a do espelho e a dos outros olhares).

Mas fiquei ainda mais feliz quando descobri que minha aceitação virou uma bandeira , quase uma militância, uma causa e que minhas alunas encontravam em mim um reflexo e até mesmo um escudo para a vivência das próprias histórias. Isso foi a cereja do bolo.

Você acredita que dentro da escola a auto estima das meninas e meninos, que estão justamente passando por essa fase de transformação pode ser afetada negativamente ou positivamente? De que forma?

Nessa fase da vida, a criança e o adolescente precisa se sentir incluído. A escola é um recorte da sociedade, ou seja, os apelidos, os olhares , as “brincadeiras” de péssimo gosto são também um recorte do que é a maioria das pessoas podem pensar a respeito. Isso geralmente atrapalha e muito o processo de aceitação.

Quando se toma a decisão de cortar, você quebra uma paradigma, esta assumindo o risco e isso tem um primeiro impacto negativo (infelizmente serão alvos de piadas). Mas depois que aquilo se consolida, meninos e meninas se tornam mais fortes e aí sim colherão os frutos positivos da decisão tomada.

Você acredita que o âmbito escolar contribua muitas vezes para que as meninas principalmente se sintam inferiores e deixem de investir em sonhos por medo, vergonha ou intimidação?

Sim, não só no âmbito escolar, mas quando não se tem auto estima comumente pessoas passam a ter um comportamento mais tímido com o mundo às vezes impossibilitando de acreditar que tem capacidade de realizar seus próprios sonhos. Infelizmente, a questão do “padrão da beleza” imposto pela sociedade está ligada a falta de autonomia e isso é preocupante.

Você acredita que, com sua postura e a de muitos outros profissionais é possível ajudar os alunos a passarem de uma forma menos agressiva pela adolescência preservando sua auto estima?

Sim, essa idade os adolescentes precisam de uma referência e eu fico extremamente feliz em poder ajudá-los a passar por esse processo de aceitação de uma maneira mais leve, bem humorada e feliz.


Amamos o depoimento da Selma! E para você? Quem te inspira? Deixe aqui nos comentários!

24 Comments

  • Reply
    Fábio bocamino
    3 de setembro de 2017 at 16:57

    #Exemplo#

  • Reply
    Marina
    1 de setembro de 2017 at 20:03

    Selminha….um exemplo de vida!!!! Reportagem show

  • Reply
    Marina Baldoino da Cruz
    31 de agosto de 2017 at 22:25

    Passei por todas essas sensações de aceitação e transição…me senti representada nessa entrevista. E por falar em inspiração…sempre admirei a forma leve de levar a vida que a Selma sempre leva por onde passa. Parabéns!!

    • Reply
      Tatiely Freitas
      1 de setembro de 2017 at 09:44

      É muito legal saber que se identificou Marina! Comente mais vezes! Beijos.

  • Reply
    Vanessa Silva Florencio
    31 de agosto de 2017 at 22:07

    É um privilégio conhecer e participar da vida de uma pessoa assim especial como a Selma,sensacional a entrevista.

    • Reply
      Tatiely Freitas
      1 de setembro de 2017 at 09:44

      Que bom que gostou Vanessa! Obrigado por comentar!
      Beijo!

  • Reply
    Simone Gil
    31 de agosto de 2017 at 20:41

    Delicia de entrevista! Selma é referência como professora e também como mae e como amiga. Parabéns.

    • Reply
      Tatiely Freitas
      31 de agosto de 2017 at 20:52

      Que bom que gostou Simone! Obrigado por comentar, beijos!

  • Reply
    Fernando Ferreira Pires
    31 de agosto de 2017 at 19:52

    Como não amar tudo isso? Uma entrevistadora competente e uma professora espetacular só poderiam resultar em uma matéria de sucesso. A professora Selma sempre foi motivo de inspiração para mim. Sempre observava sua relação com os alunos, sua empatia e buscava me espelhar nela. Suas mudanças (externas) refletem apenas a força e autoestima que sempre estiveram presentes em suas ações.

    • Reply
      Tatiely Freitas
      31 de agosto de 2017 at 20:51

      Ela é uma grande inspiração para todos que a cercam, e o mínimo que pode ser feito é enaltecer a essência poderosa dessa figura forte que ela se tornou! Obrigado por comentar tarde Fernando!

  • Reply
    Ana Carolina
    31 de agosto de 2017 at 18:33

    Arrasou na entrevista, vc não é referência somente para as alunas e sim para todos que convive com vc. Parabéns amo vc …

    • Reply
      Tatiely Freitas
      31 de agosto de 2017 at 18:35

      Obrigado por comentar Ana! Ficamos feliz que tenha gostado!

  • Reply
    Rafaela
    31 de agosto de 2017 at 18:32

    Muito legal

  • Reply
    Selma Lúcio
    31 de agosto de 2017 at 16:18

    Pessoal do blog obrigada por divulgar minha história com a aceitação da minha verdadeira imagem. Saber que posso ser um veículo de boas mensagens me faz acreditar ainda mais nas minhas verdadeiras missões.. Agora não só entendo como sinto o a expressão Black Power!!!
    Foi um carinho na minha alma publicarem está entrevista.

    • Reply
      Tatiely Freitas
      31 de agosto de 2017 at 18:55

      Agradecemos profundamente todo o seu carinho e atenção a nos responder Selma! Parabéns por ser essa mulher tão inspiradora!

  • Reply
    Mariana de Araújo Lúcio
    31 de agosto de 2017 at 13:45

    Mulher negra professora… são tantas lutas tantas vitórias nessa história de vida…. Parabéns pela trajetória e por ser inspiração para seus alunos amigos e familiares …
    Girl Power

    • Reply
      Tatiely Freitas
      31 de agosto de 2017 at 18:54

      Ficamos feliz que tenha gostado Mariana! Obrigado por comentar! Beijo!

  • Reply
    Roque Lúcio
    31 de agosto de 2017 at 11:58

    Selma tenho orgulho do teu exemplo.voce mandou bem na entrevista. Queira ou não você é referência para seus alunos. Sou suspeito por ser seu pai, mas estou sendo sincero.te amo, filha.
    On

    • Reply
      Tatiely Freitas
      31 de agosto de 2017 at 17:52

      Nós também a admiramos muito! Obrigado por comentar!

  • Reply
    JESSE RICARDO RODRIGUES
    31 de agosto de 2017 at 11:57

    Maravilhosa reportagem

  • Reply
    NIVIA FRANCESCA DINIZ
    31 de agosto de 2017 at 11:21

    Parabéns a professora Selma,não só por causa de assumir os cabelos afro,pra mim não faz diferença o que sempre olhei a alma das pessoas nunca a cor da pele ou tão pouco seu físico. Mas sim construir uma referência positiva dentro de casa aonde tudo deveria começar,mas infelizmente não e assim em todas as casas e acaba sobrando a referência positiva para os professores. A sociedade não aceitam completamente seus diferentes (Desculpa em dizer diferentes ) porque seria obrigados a caminhar muito anis a frente. Quando aparece alguém a disposto ensinar algo a mais choca aqueles de mentes pequenas.. E você Selma com seu jeito, esta ajudando futuros adultos , não ver ninguem diferente e sim pessoaa acima de tudo que possa construir algo mais importante, que sua cor e seu fisico…
    Muito obrigada por fala de você.
    Nivea

    • Reply
      Tatiely Freitas
      31 de agosto de 2017 at 17:53

      É incrível ter pessoas tão maravilhosas e inspiradoras nas nossas vidas né? Obrigado pelo comentário!

    Leave a Reply