Textos

Destemidas…

Superando todo o desrespeito, toda dor, preconceito e todo menosprezo, a mulher chegou até aqui. A mesma mulher que foi proibida de pintar, sair de casa sozinha, estudar, escrever e se expressar de qualquer maneira, hoje é uma grande engenheira, empresária, palestrante, escritora, entre muitos outros! Mulheres lutaram destemidamente para chegar até aqui.

Incontáveis mulheres precisaram sonhar muito mais alto do que qualquer um as encorajou a fazer. Sem nenhum apoio de família ou amigos elas ousaram viver suas vidas da forma que seu coração mandava e não da forma que lhes era incentivado. Sempre seguidas pelas consequências de ir além, como a exclusão e o ostracismo. Mulheres lutaram destemidamente para chegar até aqui.

Incumbidas do privilégio de criar o futuro do planeta, muitas desistiram e até esqueceram de quem são para dar ao mundo pessoas que fossem capazes de criar um amanhã com menos ódio e desrespeito. Seus filhos. Que muitas vezes são os que menos entendem o valor de sua criadora. Mulheres lutaram destemidamente para chegar até aqui.

Aquelas que precisam sorrir mesmo quando o dia está nublado ou quando nada está como planejado, pois sabem que são o pilar que sustenta a harmonia em seu lar. E sabem também, que um de seus maravilhosos sorrisos pode ser a diferença entre o caos e a plenitude em certas situações. Mulheres lutaram destemidamente para chegar até aqui.

Se escondem em roupas largas e atrás de cosméticos caros pois um dia lhe foi dito que seu olhar de ternura não bastava para que alguém as considera-se bonitas. Aquelas que se sentem obrigadas a se parecer cada vez mais jovens, cada vez mais magra, cada vez mais perfeita. Pois, em sua inocência, pensam que esse é o único jeito de se sentirem aceitas. Mulheres lutaram destemidamente para chegar até aqui.

Ainda existem aquelas que lutam contra os fantasmas de traumas passados e contra a escuridão que se torna um coração machucado. Fechando-se e tornando-se amargas, são julgadas e rejeitadas. Pois ninguém entende que o que elas precisam. Não é de mais alguém dizendo “isso não é coisa de garota”, mas sim de um amigo que as abrace e deixe claro o seu valor. Mulheres lutaram destemidamente para chegar até aqui.

Mulheres que já se acostumaram com xingamentos e piadas maldosas de seus colegas. Que já aceitaram que tem “cabelo duro”, ou que são “gordas baleias”. Nem lutam mais contra as acusações dos outros, pois estas se tornaram as acusações de suas próprias mentes. Mulheres lutaram destemidamente para chegar até aqui.

Algumas esquecem seu valor. Esquecem sua beleza.

Mas nós não!

A beleza da mulher não está em ossos aparentes, não está em seu cabelo escovado ou em dentes perfeitos. Sua beleza está na delicadeza com que ela escuta. Na coragem que tem de tentar algo novo, superando o medo da rejeição. No amor que ela sente pelos que estão à sua volta sem ao menos, esperar que estes a correspondam. A beleza da mulher está em cada superação, em cada conquista, seja esta interna ou externa! Está na ousadia de soltar seus cabelos no vento sem medo de deixa-los bagunçados. No esforço de trabalhar e ser mãe ao mesmo tempo para que seus filhos possam ter um tênis melhor, ou um bom presente de natal. A beleza da mulher está em amar uma outra pessoa tão profundamente que faz com que o perdão floresça em campos inférteis. A beleza da mulher é ser destemida! A beleza da mulher está em sua história.

Feliz dia das destemidas!

4 Comments

  • Reply
    Ana Carolina Ribeiro Morando
    8 de março de 2017 at 13:56

    AAh Juu, que texto lindo! Acho que conseguiu abranger todas as mulheres <3
    Parabééns! Amei!

    bjoo
    ww.aninhamorando.com.br

    • Reply
      Júlia Loureiro
      14 de março de 2017 at 01:58

      AAh, muito obrigada pelo carinho, Ninha! <3

  • Reply
    Rafaela
    8 de março de 2017 at 13:25

    Achei o texto lindo, define muito a mulher hoje, parabéns! vou entrar mais vezes, beijos

    • Reply
      Júlia Loureiro
      8 de março de 2017 at 13:35

      Muuito obrigada, Rafa! Você será sempre muito bem-vinda! <3

    Leave a Reply